Pressão arterial

Qual a meta de pressão arterial devo atingir?

Dr. Carlos Wollmann Dicas de Saúde

A hipertensão arterial é uma condição clínica caracterizada pela elevação dos níveis pressóricos, quando esses valores se encontram iguais ou maiores que 140×90.

“No Brasil a hipertensão atinge cerca de 36 milhões de pessoas, principalmente idosos”.

 

Apresenta diversos fatores causais e pode ainda agravada por fatores de risco como a elevação de colesterol e triglicerídeos, a obesidade e intolerância a glicose e diabetes mellitus. Ela é considerada uma das principais causas ligadas ao desenvolvimento de eventos graves como: acidente vascular encefálico, infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca, doença renal crônica, entre outros.

A sua redução e controle tem, portanto, o objetivo de proteger órgãos alvos e evitar os referidos desfechos cardiovasculares.

Patologias como a diabetes, doença arterial coronarina (obstrução crônica nas artérias do coração), doença renal crônica, constituem-se como fatores de maior gravidade ou fatores de maior risco para o paciente hipertenso, tornando necessário a realização de um controle mais eficaz de suas cargas pressóricas.

Os níveis de pressão arterial se dividem em estágios, como demonstrado a seguir:
  • Normotenso: PA menor oi igual a 120×80;
  • Pré hipertenso: PAS entre 121 e 139 e PAD entre 81 e 89;
  • Hipertenso estágio I: PAS entre 140 e 159 e PAD entre 90 e 99;
  • Hipertenso estágio II: PAS entre 160 e 179 e PAD entre 100 e 109;
  • Hipertenso estágio III: PAS maior ou igual a 180 e PAD maior ou igual a 110

E como fazemos para saber a meta de pressão de cada um?

Baseando-se em diversos estudos nacionais e internacionais como o ‘SPRINT trial’, lançado no congresso da American Heart Association em 2015 e publicado na ‘New England Journal of Medicine’, temos as seguintes metas:

  • Pacientes com risco cardiovascular alto (com doença cardíaca já manifesta, insuficiência renal crônica, diabetes mellitus, por exemplo): A META é ser menor que 130×80
  • Pacientes com risco moderado ou baixo (apenas diabetes, por exemplo): A META é ser menor que 140×90
  • Pacientes idosos (> 80 anos): A META é ser menor que 150×80

E como devemos tratar a hipertensão arterial?

Em primeiro lugar: procure seu clínico e cardiologista! Mas, o tratamento inicia-se em casa.
O tratamento inicial, no caso do estágio I, consiste em mudança de estilo de vida, com a prática de atividades físicas regulares, dieta balanceada, cessação do tabagismo por exemplo. Caso mesmo assim não haja o controle de pressão, inicia-se o tratamento medicamentoso.

Vamos juntos prevenir esse mal!

Autor: Dr. Carlos Wollmann | Cardiologista

 

Fontes:
VII Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial Sistêmica
The New England Journal of Medicine
JAMA: Journal of American Medical Association